Preocupado com brigas entre si, MP proíbe torcida organizada do São Paulo nos estádios

Foto: Divulgação

O Estado de S. Paulo informou que o Ministério Público (MP) enviou um ofício para a Federação Paulista de Futebol (FPF) recomendando que seja proibida a entrada de camisas, faixas e adereços da Torcida Tricolor Independente, principal organizada do São Paulo, a torcida disse que não foi informada.

O pedido do promotor de Justiça do Juizado Especial Criminal (JECRIM) e do Anexo do Torcedor falou para o Estado: “Nossa recomendação é que ninguém entre com camisas, faixas e adereços. Popularmente, a torcida está impedida de entrar. Não temos como controlar as pessoas. Pelo menos vamos impedir que entrem com símbolos e faixas da Independente. É uma medida preventiva”.

CONFIRA ⇒ Matéria do Estados de S. Paulo relata sobre briga entre a torcida são-paulina

A proibição seria a partir do próximo jogo do São Paulo, dia 13 de julho contra o Palmeiras, e o motivo do pedido seria as constantes confusões entre a própria torcida, recentemente no jogo contra o Cruzeiro, ocorreu uma confusão entre torcedores são-paulinos, 83 foram detidos. Segundo a Polícia Militar, 55 membros da torcida Independente e 26 da escola de samba Independente.

A Polícia Militar (PM) relatou preocupação com um possível racha na torcida organizada: “Eles costumeiramente têm comparecido aos jogos e existem informações de animosidade em relação aos torcedores da Independente, com grande possibilidade de confrontos”.

O novo alerta da PM é justamente sobre os confrontos entre as torcidas do próprio time, não só com a Independente, a principal torcida do Palmeiras também teve um confronto recente e a analise foi a seguinte: “Nos últimos 20 anos, tivemos eventos esporádicos de conflitos entre torcidas do mesmo time. Temos relatos que indicam que isso sempre ocorreu. Nossa intenção é prevenir novos enfrentamentos entre torcedores da mesma equipe”.

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: