Pontapé inicial de Crespo no comando

Foto: Rubens Chiri | sãopaulofc.net

Por Lucas Mariano (@LMariano96)

Começou a era Hernán Crespo no São Paulo FC e todo começo de trabalho requer alguns jogos para que o novo técnico possa implementar toda sua forma de jogo e para ser cobrado veemente é necessário um tempo, mas para Crespo a implementação desta tal nova forma de jogo não será difícil porque o estilo dele tem diversas semelhanças com o comando anterior e isso facilita o desenvolvimento.  

INÍCIO DO TRABALHO 

A estreia no comando da equipe foi pelo campeonato paulista contra o Botafogo de Ribeirão Preto no Estádio do Morumbi, a partida aconteceu no ultimo dia 28 e terminou empatada com um gol para cada lado, apenas três dias após o final do campeonato brasileiro, sendo assim, Crespo teve apenas dois dias de treinos, mas foi nítido já na primeira partida algumas mudanças na forma de jogo e construção de jogadas.

No jogo posicional de Crespo o espaçamento em campo é mais extremo e assim teremos um jogador livre no lado oposto a qual a jogada vem sendo construída, o posicionamento é a uma distância um pouco maior entre os companheiros e mesmo assim consegue obter um número maior de jogadores perto da bola dando diversas opções de passes, todos esses movimentos são para envolver a equipe rival para explorar os espaços que serão deixados ou fazer os próprios defensores romperem suas linhas saindo de suas zonas de conforto, essa ideia de envolver e controlar o jogo já vinha sendo feita pelo time e agora passa por um processo de desenvolvimento e melhorias dando mais velocidade e verticalidade nas construções das jogadas.

Com isso o time agora tenta chegar mais rápido ainda mantendo a posse da bola de pé em pé, os passes verticais para atacante em velocidade também viraram boas armas, os laterais tem muita liberdade para apoiar, o time está mais dinâmico e intenso. O meio campo consegue fazer a bola transitar entre um lado e outro e chegar ao ataque com mais facilidade e a tendência é que Daniel Alves tenha uma melhora significativa nesse estilo, Luan pode perder espaço. 

A primeira partida foi realmente com três zagueiros, mas o técnico adversário adotou uma estratégia para que impedisse algumas investidas do Leo na saída de bola do lado esquerdo na trica de zaga (o gol adversário aconteceu em um lançamento longo nas costas do Leo) e Crespo então trouxe Sara para jogar mais próximo. Devido à ausência de Luan, Daniel Alves jogou como 1º volante, Gabriel Sara de 2º e Igor Gomes como meia centralizado, dupla de ataque com Pablo e Luciano. 

Com as substituições onde entraram Galeano e o estreante Bruno Rodrigues o time ficou mais rápido pelas pontas, mas insistiu muito em cruzamentos para a área até que em uma dessas a bola encontrou Pablo que escorou e Arboleda empurrou para o gol, o do empate. Na partida o time demonstrou uma leve, porém clara mudança e melhora de um jogo para o outro e principalmente dentro da própria partida.  

Essa evolução deu mais um passo no jogo a seguir na vitória por 4 a 0 contra o Inter de Limeira (03) e mesmo com a fragilidade do adversário e uma expulsão ainda no primeiro tempo, é importante ver essa evolução nos jogos e alguns atletas ganhando minutos para aparecer ou se recuperar. O tempo de treino nesses dias foram bem curtos, assim, os jogadores usam desses jogos para ganharem confiança e passar a executar as ações com mais precisão e alto índice de acerto. 

Crespo conversa bastante com os jogadores no decorrer da partida, instrui e gesticula por quase o tempo todo, roda bem o elenco mesclando juventude com experiência e muda (se necessário) a formação/posicionamento conforme vai realizando as substituições. 

PROGRESSO 

Em sua terceira partida, no sábado (06) outro placar por 4 a 0, agora com o adversário sendo o Santos no Morumbi, Crespo manteve o esquema de 3-5-2 porem com Rodrigo Nestor no lugar do Luan (titular contra o Inter de Limeira), devido a fortíssima chuva que caiu na região do Morumbi, o gramado ficou encharcado e segurou bastante a bola, o time sofreu muito na primeira etapa com isso e não conseguiu fazer a transição de defesa para o ataque pelo chão em toques curtos rápidos e viu o Santos criar as melhores chances. Para a volta do segundo tempo, Rojas voltou como titular no lugar de Arboleda (dores no tornozelo) e fez outra boa partida. Com o gramado em melhores condições, o Tricolor conseguiu então impor seu ritmo de jogo, pressionar o adversário e criar as melhores chances aproveitando a maioria delas para marcar os gols, as roubadas de bola no campo de ataque seguem sendo um grande diferencial nesta nova era. 

O primeiro gol no jogo saiu em lance de escanteio e com ótima movimentação Gabriel Sara cabeceou livre perto da marca do pênalti; Luciano fez jogada individual e contou com desvio do zagueiro adversário para ampliar; utilizando de sua principal característica, Pablo ganhou na corrida após belo lançamento de Igor Vinicius e finalizou por cobertura marcando um belíssimo gol e por fim Tchê Tchê acertou lindo chute de esquerda de fora da área no ângulo.  

DESTAQUES 

Rojas foi quem mais se destacou nesses jogos, indo bem no 1×1 e criando chances de gol e em uma delas Luciano aproveitou para marcar o seu primeiro gol no estadual contra o Inter de Limeira, Rojas deixou o dele em cobrança de pênalti neste mesmo jogo. Pablo está em boa fase e vem contribuindo nesses jogos com gols e assistências, a chegada de Crespo fez de fato que ele melhorasse em alguns aspectos e reencontrasse outros (mas ainda está com certa dificuldade em segurar a bola no ataque). Igor Gomes terá a oportunidade de jogar como meia centralizado, que é aonde tem melhor rendimento. Nestor e Galeano vão se consolidando como boas opções para o técnico.

Na parte defensiva a equipe marca em linha alta já na saída de bola, a curiosidade ficou em como Reinaldo sobe junto para fechar na segunda linha pela esquerda e Leo é quem marca como lateral na maior parte do jogo. 

Crespo vem fazendo ótimo trabalho melhorando a postura dos jogadores dentro da partida com repertório ofensivo e consolidação defensiva, as substituições são para dar mais rapidez e vitalidade ao time e dar oportunidade aos garotos e a quem precisa recuperar o bom futebol, muda o esquema se for necessário e joga sempre para frente não segurando o resultado mínimo. A variedade e velocidade entre as trocas de passes e a verticalidade das jogadas é um dos principais pontos positivos neste início de trabalho, Crespo diz em suas entrevistas que gosta que sua equipe tenha sempre o domínio do jogo. Apesar de uma temporada vier colada na outra os jogadores mostram boa capacidade física durante os jogos. 

MODO ILUSÃO 

Com estes resultados nas três primeiras partidas, O São Paulo de Crespo tem duas vitorias e um empate, são 9 gols marcados e um sofrido.  Sabemos que ainda é só o começo do trabalho e ainda tem bastante coisa para ser ajeitada, mas já mostra uma ótima evolução tática e vem ganhando confiança no decorrer dos jogos, alguns jogadores aparentam estar de bem novamente com o bom futebol, Crespo passa a utilizar mais jogadores na rotação e ganha ótimas peças via contratação.  É um início promissor e grande margem de evolução, o São Paulo fará um ano muito mais competitivo que temporada passada e de bom futebol. 

Lucas Mariano

Lucas Mariano

São-Paulino, estudante de jornalismo e apaixonado por esportes. Twitter: @LMariano96

2 thoughts on “Pontapé inicial de Crespo no comando

  • Avatar
    8 de março de 2021 em 21:51
    Permalink

    E o patrocínio vai ser Gazin , Grupo Guerra , Copa Airlines quem , affs e para resolver essa parada …

    Resposta
  • Avatar
    7 de março de 2021 em 19:33
    Permalink

    Crespo tem que ficar esperto fala que não quer esse Miranda não se ele não toma cuidado vão enfiar anciões no lombo dele igual sempre fazem com o técnico aí os caras são fim de carreira não aguentam mais e o SPFC começa a perde sempre assim…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.