Notas – Vasco 1 x 1 São Paulo

Bom dia, boa tarde e boa noite Nação Tricolor.

São Paulo joga mal, mas consegue empate no Rio de Janeiro. (Foto: Rubens Chiri | saopaulofc.net)otas

O São Paulo foi até o São Januário visitar o Vasco e em partida ruim de ambas as equipes, ficou no empate em 1 a 1, o gol são-paulino marcado por Marcos Guilherme.

A partida começou morna, ambas equipes começaram se estudando, poucas jogadas criadas para ambos os lados. Aos 32′ o Vasco chegou com perigo em falta cobrada pelo Nenê. A resposta veio aos 35′ quando Maicosuel fez jogada individual e finalizou com perigo, era o jogo começando para valer. Aos 39′ Marcos Guilherme que vinha mal na partida, roubou a bola do volante adversário, carregou um pouco e soltou um belo chute de fora da área, 1 a 0.

Na etapa complementar, os cariocas mudaram o time, vieram para cima, com 8′ assustaram o goleiro Sidão com falta surpreendente. Aos 24′ foi a vez de Sidão fazer boa defesa e manter o jogo no 1 a 0. Mas aos 30′ o goleiro são-paulino não teve chance, o adversário chutou em cima do Rodrigo Caio e sobrou para o atacante vascaíno que na frente do Sidão, não desperdiçou, 1 a 1. Em seguida, aos 36′ Rodrigo Caio teve boa chance após escanteio, mas cabeceou para fora, e poucos minutos depois, Militão entrou forte no adversário e acabou expulso. Com um a menos, o São Paulo buscou se defender, tomou alguns sustos, mas manteve o 1 a 1.

Notas –

Sidão – O goleiro são-paulino fez duas boas defesas e no lance do gol ainda quase defendeu a queima roupa. 7.0

Militão – Fez uma boa partida, excelentes desarmes, mesmo quando tomou o drible, se recuperou bem, mas foi expulso em lance muito infeliz. 4.5

Arboleda – Atuação razoável do zagueiro são-paulino, se posicionou bem e ganhou maioria, mas vacilou no lance do amarelo sofrido. 6.0

Rodrigo Caio – Também foi razoável, faltou firmeza em alguns lances, porém não comprometeu. 6.0

Edimar – O lateral começou muito mal a partida, rebatendo estranho a bola, errando muitos passes e fazendo muitas faltas, recebeu até amarelo, no segundo tempo melhorou um pouco, deu uns cruzamentos perigosos, mas não foi bem. 5.0

Jucilei – Partida aquém do esperado, desta vez sim estava lento, até roubou algumas bolas, mas faltou um melhor posicionamento, deu muito espaço pelo meio. 5.5

Petros – Ajudou a marcação no lado direito, fez desarmes importantes, mas também esteve abaixo do esperado e deu espaço pelo meio. 5.0

Hernanes – O Profeta estava irreconhecível, e o São Paulo depende muito dele, não conseguiu criar oportunidades, errou bastante jogadas, só conseguiu uma jogada de efeito pelo meio e acabou parado por falta. 5.0

Maicosuel – Claramente sem condições de jogar a partida inteira, o ponta fez uma excelente jogada, se movimentou bastante, e acabou cansando… 6.0

Marcos Guilherme – Vinha fazendo uma partida muito ruim, caindo sozinho, perdendo as bolas com facilidade, trocou a chuteira e em seguida roubou a bola no meio, carregou e soltou um belo chute, ganhou confiança e melhorou no jogo. 7.0

Pratto – Lutador como sempre, ajudando na marcação, ou não, pois cometeu duas faltas, uma discutível, mas no ataque ficou devendo, principalmente quando foi acionado como pivô. 5.5

Gilberto – O centroavante entrou no lugar do Pratto e desta vez não conseguiu agregar nada, o máximo foi ter sofrido falta. 5.0

Lucas Fernandes – Entrou e pouco produziu mesmo com tempo considerável, ponto positivo foram os escanteios batidos. 5.5

Aderllan – Entrou no fim para segurar o resultado e perdeu algumas jogadas que não poderia. 5.0

Dorival Júnior – Desta vez apostou no Maicosuel como a maioria queria, mas o que faltou no São Paulo foi mais movimentação e toque de bola, o time aceitou demais o jogo, o empate quando estava 0 a 0 e 1 a 1, poucas finalizações, armação em dia infeliz, e nas alterações não conseguiu corrigir… 5.5

Nota geral – Pelo resultado foi bom, mesmo que com o Vasco desfalcado, mas a atuação do São Paulo foi decepcionante, faltou mais. 5.5

Bola cheia –

Marcos Guilherme – Pelo gol marcado, além de ter roubado a bola, finalizou com perfeição, precisa ter mais coragem, cria mais ofensivamente!

Sidão – Fez boas intervenções na partida que impediu o empate antes ou até mesmo a virada.

Bola murcha –

Meio de campo – Jucilei, Petros e Hernanes não foram felizes na partida, deram muito espaço na marcação e não conseguiram armar o time.

Edimar – Normalmente é um lateral seguro e por uma parte da partida foi assim, mas no começo do jogo assustou bastante.

Alterações – Podemos falar de elenco, de fato não é dos melhores, mas diferente de contra a Chapecoense que o time ‘melhorou’ com mexidas, desta vez o time não evoluiu nada pelo contrário, piorou e o adversário com as mudanças cresceu, e olha que apostaram em meninos da base…

Instabilidade – Não é reclamar de ‘barriga cheia’, afinal o time já foi vice-lanterna e vive uma sequência de quatro jogos sem perder, mas é incrível como o time é instável e sofre contra equipes que jogam mais fechadas.

Abraços

Fábio Martins

 

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.