Notas – São Paulo 0 x 0 Grêmio | Semifinal – Copa do Brasil

Foto: São Paulo FC

Em um jogo com poucas oportunidades, São Paulo e Grêmio não saíram do 0 a 0, e com esse resultado o clube paulista está eliminado da Copa do Brasil. Novamente, o Tricolor Paulista não soube enfrentar um adversário que vem com um estilo de jogo fechado, segurando apenas o resultado e com isso, criou pouquissimas oportunidades a gol que nem assustaram o goleiro Vanderlei, carrasco do São Paulo em semifinais, já que conseguiu pela terceira vez chegar a uma decisão eliminando o Tricolor (2012 com o Coritiba, 2015 com o Santos e 2020 com o Grêmio).

Falando do jogo em si, um duelo muito truncado e com as duas equipes chegando pouco ao gol, o que fez Tiago Volpi e Vanderlei nem terem trabalho. Mas um lance que já poderia ter definido o confronto aconteceu antes mesmo dos 10 minutos, quando Victor Ferraz sozinho, mandou a bola na trave e depois Arboleda afastou pra fora da pequena área.

Logo depois, Diego Souza ainda aproveitou um erro de Daniel Alves e tentou uma bicicleta, que passou perto do gol de Volpi. E depois disso, poucas chegadas que não assustaram e isso persistiu durante a etapa complementar, quando Diniz decidiu partir pro tudo ou nada colocando Vitor Bueno, Jonas Toró, Trellez, Hernanes e Paulinho Boia, sendo o último voltando a jogar e ser relacionado depois de um tempo fora.

A melhor chegada do São Paulo na partida foi o cabeceio de Toró no finalzinho do jogo, que ficou fácil pro goleiro gremista defender, e ainda teve uma falta no lance que resultou na catimba e demora para sair jogando, algo que causou confusão ao final do jogo, quando o juiz encerrou antes do tempo de acréscimo e não prolongou por mais um ou dois minutos, como era pedido pelos jogadores do clube paulista. Resultado: Trellez e Fernando Diniz foram expulsos por reclamação.

O próximo jogo do São Paulo já é na próxima quarta-feira às 21h30, quando em Bragança Paulista enfrenta o Red Bull Bragantino, clube que briga pelo rebaixamento.

Vamos as notas:

Tiago Volpi – Não foi exigido em nenhuma das duas partidas. Nota 5

Juanfran – O melhor em campo novamente, e o lateral espanhol sempre cresce nessas partidas. Mesmo com as poucas oportunidades de subir pro ataque, soube marcar e anular a principal peça do rival e só deixou a desejar mais nos cruzamentos. Nota 7

Bruno Alves – Nas vezes que teve que participar do jogo, foi bem e errou poucas vezes. Antes de sair, subiu bastante para o campo de ataque e tentava criar algumas jogadas. Nota 6,5

Arboleda – Uma boa partida do zagueiro equatoriano, que vem em uma boa fase. Nota 7

Léo – Não fez uma boa partida, e a gente vê a deficiência dele na Lateral-Esquerda e a falta que fez Reinaldo nesse jogo. Nota 4,5

Luan – Fez o que pode, mas esteve bastante apagado hoje. Nota 5

Daniel Alves – O pior da equipe hoje, errando tudo que tentou e muita gente acha que ele está pensando nas festas de Reveillón. Nota 3

Gabriel Sara – Já não é de hoje que o jovem garoto da base Tricolor vem tendo desempenhos fracos, e neste confronto não foi diferente. Assim como Dani, errou praticamente tudo e estava desligado em muitos momentos. Nota 3,5

Igor Gomes – Foi pouco exigido e quando tentou algo, não assustou. Nota 4,5

Tchê Tchê – As vezes penso o motivo pro Diniz insistir nele em todas as posições, e acreditando que a história se repetiria igual foi contra o Atlético-MG. Hoje ele não fez nada, tanto no ataque como na lateral, no pouco tempo que esteve nessa posição. Nota 4

Brenner – Sem a presença do parceiro de ataque Luciano, fez quase nada e também, pouco recebeu a bola. Nota 5

Aos que entraram: Vitor Bueno, Toró, Hernanes, Trellez e Paulinho Boia vão ficar sem nota já que pouco foram imporantes nesse jogo, e o Trellez ainda conseguiu tomar um cartão vermelho depois do encerramento da partida.

Fernando Diniz – Vejo que se não fosse ele ter arrumado o elenco a gente nem teria chego nas semifinais da Copa do Brasil, tampouco estaria liderando o Brasileirão. Uma boa parte do mérito vai para ele, e sabemos que o trabalho do treinador não seria a curto prazo, conquistando logo todas as competições de uma vez, o que a torcida tanto aguarda e deseja. É acreditar na continuação do trabalho que os frutos vão ser colhidos no futuro, que pode ser próximo com a possível conquista do Campeonato Brasileiro. Nota 7 

Antes do bola cheia e bola murcha, ainda falando sobre o treinador Diniz, é aprender e melhorar o estilo de jogo em partidas contra equipes igual o Grêmio, e principalmente os clubes que estão brigando por rebaixamento e que deverão jogar por uma bola, assim como foi nessa semifinal. Nessa reta decisiva de campeonato, qualquer ponto perdido pode ser crucial na disputa.

 

Bola Cheia: Juanfran

Como dito acima, o espanhol sabe jogar confrontos decisivos e hoje não foi diferente, mesmo que tenha enfrentado uma equipe que veio pra segurar o empate e se classificar. Sem dúvidas, é o melhor lateral-direito que a gente tem e uma renovação de contrato para 2021 seria uma bela jogada da diretoria.

Bola Murcha: Daniel Alves

Ainda procuro entender qual foi o motivo para ele não ter jogado bem hoje… Ele vem em uma fase onde oscila muito, e nesses confrontos decisivos está deixando muito a desejar. Para o salário que o mesmo recebe, era e é esperado um desempenho acima do normal, principalmente pelo histórico do mesmo.

 

É isso rapaziada! Aproveito aqui para desejar um feliz 2021 para todos que acompanham nosso site, e continuem ligados que no ano que vem, estaremos aqui e acreditando que o hepta brasileiro, algo tão aguardado por nós torcedores vai acontecer. Grande abraço e saudações Tricolores!

Christopher Henrique

@oChrisHenrique

Christopher Henrique

Estudante de Jornalismo pela Uninove, fotógrafo apaixonado por colecionar momentos e aventureiro de nascença, vive o São Paulo FC e ama um futebol alternativo, principalmente as divisões de acesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: