Amadorismo e vazamento de dados – #SEPARASÃOPAULO

Vazamento de dados do contrato do São Paulo com a Sportingbet.io
Contrato vazado pela direção do clube no site oficial | Fonte: Divulgação

A gestão Júlio Casares criou um fio de esperança no torcedor, seja com o discurso de transparência ou de humildade que pregava desde o início. Porém os fiascos começaram a surgir e não somente dentro de campo, mas também fora das 4 linhas. Falta de gestão no futebol, politicagem no basquete e falta de organização financeira e entre os cartolas e lá vamos nós para o recomeço de um ciclo já conhecido pela torcida.

Há cerca de dois meses, o São Paulo conseguiu um grande feito, fechando o contrato com um novo patrocinador máster, a casa de apostas, Sportingbet.io. O contrato fechado, segundo o que especulava-se na mídia, girava em torno de R$40 milhões anuais. Porém em matéria divulgada pelo jornalista Rodrigo Capelo, especialista em finanças no site Ge.globo.com, mostrava o valor real do contrato, cerca de R$24 milhões por ano.

Na época muito se discutiu sobre a veracidade da matéria e a confidencialidade do contrato que de fato não poderia ser veiculado, nem divulgado. Porém na data de ontem, foi de fato revelado o vazamento do contrato e o mesmo se tratou de um erro do clube.

O documento foi divulgado no site oficial do São Paulo, na parte de Transparência > Contratos. Confira abaixo o vídeo divulgado nas redes sociais referente ao contrato vazado no site do clube:

A grande questão é que o contrato não poderia ser divulgado por existirem cláusulas que proibiam a veiculação das informações do documento. Além do contrato, o clube divulgou também diversas informações confidenciais sobre demais contratos de patrocínio e até mesmo de outros clubes das séries A e B do campeonato Brasileiro referentes a valores de direitos internacionais televisivos e direitos de transmissão referentes a apostas esportivas. Confira abaixo os itens divulgados pelo clube:

  • Autorização para empréstimo de R$ 5 milhões com o Banco Rendimento (incluindo vigência, juros e garantias)
  • Autorização para empréstimo de R$ 10 milhões com o Banco Tricury
  • Autorização para empréstimo de R$ 11 milhões com o Banco Tricury
  • Autorização para empréstimo de R$ 50 milhões com o Bradesco
  • Contrato de patrocínio do São Paulo com a Gazin Indústria e Colchões
  • Contrato de patrocínio do São Paulo com a ABC da Construção
  • Contrato de patrocínio do São Paulo com a Dry Company
  • Contrato de patrocínio do São Paulo com a Sportsbet.io
  • Contrato das Séries A e B com a Global Sports Rights Management por direitos internacionais do Campeonato Brasileiro
  • Contrato das Séries A e B com a Zeus Sports Marketing por direitos de transmissão relacionados a apostas

O clube foi procurado pela assessoria de imprensa do Ge.globo e a informação é de que existe um inquérito policial aberto para apurar o vazamento das informações no site.

OPINIÃO

Deve existir transparência, mas acima de tudo competência, se por um lado temos “Acesso” a informações contratuais, da qual não existe total certeza se são 100% transparentes, não existe competência para saber gerir o que divulgar e o que manter em sigilo.

Mais uma vez somos reféns da falta de profissionalismo e de atenção dos dirigentes… Pagaremos caro por cada erro político das gestões que o clube vem passando, já está mais do que na hora de adotarmos o clube empresa, caso contrário o rebaixamento será uma simples mancha na história do clube em meio a tantas outras que viveremos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: